Requerimentos para Iniciação

Saiba o que é necessário para se Iniciar à O.T.O.

Quem pode se Iniciar

Segundo as regras da Constituição da Ordo Templi Orientis, tornar–se um membro da Ordem é um direito concedido a todo homem e mulher livre que sejam:

  • Maiores de idade: de acordo com a legislação vigente em cada país, sendo 18 anos no Brasil;
  • Livres: em condições médicas, legais, psicológicas e financeiras de assumir compromissos e cumprir com suas responsabilidades; e
  • De boa conduta: ou seja, o candidato à admissão passará por um período de avaliação com dois membros (Grau I° ou maior) da Ordo Templi Orientis, a fim de que eles possam atestar a idoneidade do candidato e então assumir responsabilidade por ele como seus Padrinhos.

O que é necessário

Cumpridos estes requerimentos, deve-se entregar ao Corpo Local:

  • Fichas de Afiliação: disponibilizadas pela Secretaria do Corpo Local, em duas vias (uma em Português e uma em Inglês), que devem ser corretamente preenchidas e assinadas com os nomes civis pelo Candidato e seus dois Padrinhos;
  • Fotocópia da carteira de identidade: sendo qualquer documento que tenha esta função de acordo com a legislação brasileira;
  • Pagamento das taxas de afiliação e
  • Duas fotos 3×4 de rosto.

Atenção

Não são requerimentos para afiliação à O.T.O.:

  • Participação em qualquer outra sociedade, ordem, grupo ou religião, seja qual for sua natureza;
  • Afastamento ou negação de qualquer outra sociedade, ordem, grupo ou religião;
  • Pertencimento a qualquer forma de pensamento político, social ou ideológico;
  • Pertencimento a qualquer etnia, gênero, identidade de gênero, orientação sexual ou camada social ou econômica;
  • Escolaridade mínima;
  • Conhecimentos prévios sobre magia, ocultismo, misticismo, Thelema ou qualquer conhecimento similar;
  • Prestação de favores de qualquer natureza a nenhum membro da Ordem;
  • Pagamento de qualquer quantidade de dinheiro, entrega de presentes ou ação siminar a qualquer membro da Ordem ou
  • Entrega de qualquer tipo de documento, fotografia, vídeo, senhas ou qualquer informação de caráter pessoal considerada abusiva a qualquer membro da Ordem.